quarta-feira, 21 de novembro de 2007

I SEMINÁRIO DE MODELOS E EXPERIÊNCIAS DE AVALIAÇÃO DE POLÍTICAS, PROGRAMAS E IMPACTOS

(clique na imagem para ampliar)

Em meados da década de 90, pesquisas avaliativas com abordagens compreensivas que se propõem a articular o método quantitativo com o qualitativo tornam-se uma tendência. Todavia no Brasil, a prática de tais pesquisas ainda é muito incipiente, e quando realizadas no âmbito de políticas e programas sociais, além de restrita, são desenvolvidas como mecanismo de controle de gastos e como meio de garantir credibilidade para aquisição de mais financiamentos.
Sobre avaliação de impactos inexiste consenso, diversas são as abordagens que tratam de tal temática, igualmente diversa suas metodologias, fora isso, avaliação de impactos chama atenção por sua complexidade, não basta apenas mostrar que ocorreram mudanças em determinado programa, mas é preciso mostrar também que as mudanças não ocorreriam sem a ação realizada.
Daí a importância da realização deste seminário, discutindo avaliação e os modelos utilizados em pesquisas nos campos da política, programas e impactos, com o intuito de poder socializar informações e dados, na presença de especialistas reconhecidos pela sua atuação na área, afim de fomentar o debate atual sobre a temática e auxiliar na formação e competência em Avaliação.


Ana Cristina Brito Arcoverde

Professor Dra. Departamento de Serviço Social

0 comentários:

O NECSO, um dos grupos de pesquisa da UFPE, criado em 2004 e devidamente registrado no Conselho Nacional de Pesquisas (CNPq), vem trabalhando tendo como fio metodológico a combinação entre pesquisa e extensão. Trata-se de envolver professores (pesquisadores) e estudantes (pesquisadores em formação) na tarefa de implementar uma ação social – ao mesmo tempo em que seja desenvolvido um trabalho de avaliação dessa ação.

Contato: necsoufpe@gmail.com

Mural do NECSO!